Documentos de e sobre Timor Leste (até 2002)

O CIDAC apoiou Timor-Leste durante toda a sua luta pela independência, desde o final de 1974. Em 1981, com a participação ativa do CIDAC, foi constituída a CDPM - Comissão para os Direitos do Povo Maubere. Em 1982, com a viagem do Papa a Portugal, formou-se a APPTL - A Paz é Possível em Timor-Leste.

Após o reconhecimento da independência de Timor Leste, a 20 de maio de 2002, os arquivos da CDPM e da APPTL foram confiados ao CIDAC que, através do projeto Timor online, apoiado pela Fundação Calouste Gulbenkian, digitalizou uma parte significativa deste espólio.

Os documentos agora acessíveis (mais de 10.000, com cerca de 60.000 páginas) têm origens variadas - timorenses, incluindo a Resistência armada e clandestina e a Igreja católica; indonésias, incluindo militares e igrejas; organismos internacionais, a ONU, governos e parlamentos / parlamentares; grupos e movimentos de solidariedade de todo o mundo.

A base de dados que se disponibiliza contém os registos bibliográficos da documentação cinzenta e de alguns analíticos (artigos de publicações periódicas) que integram os arquivos da CDPM e da AAPTL. Não tendo sido ainda possível digitalizar todos os documentos, nalguns casos não aparece a ligação para a cópia digital.

Clique aqui para aceder à base de dados.